Ligas de latão: 5 características que justificam o seu grande uso nas indústrias

ligas de latão

As ligas de  latão são elementos que se destacam em diversos segmentos, como indústrias elétricas e hospitalares. A principal razão para isso é a sua elevada resistência à corrosão e também à fricção.

Ainda assim, muitas pessoas se perguntam se o latão é, de fato, a melhor opção para o seu negócio. 

Essa é uma dúvida comum, pois nem todos conhecem as características e vantagens de contar com essa liga. Mas, a verdade é que o latão se trata de um elemento bastante versátil, e que pode ajudar em diferentes necessidades – desde peças para a indústria automotiva até a construção de máquinas pesadas. 

Segundo dados da mineradora Vale, cerca de 66% do cobre (principal metal utilizado na composição das ligas de latão), anualmente, é voltado  para aplicações elétricas. Por essa razão, muitos acreditam que o latão só é utilizado para essa finalidade, mas essa é apenas uma das suas muitas aplicações possíveis. 

O que são ligas de latão?

O latão é um elemento nascido da combinação entre o cobre (Cu) e o zinco (Zn), o que lhe garante mais brilho, maleabilidade, ductibilidade e condutibilidade, fazendo dessa liga uma excelente escolha.

No entanto, entender e conhecer as características do latão é fundamental para descobrir se essa é ou não a melhor liga para atender a necessidade do seu negócio. Pensando nisso, separamos a seguir 5 características que você não pode deixar de conhecer sobre essa liga metálica. Continue a leitura e saiba mais!

Resistência elevada à corrosão

De maneira geral, a busca por um elemento que seja resistente à corrosão é algo muito desejado pelo setor industrial. Afinal, muitas circunstâncias podem causar esse problema, fazendo com que uma peça (ou até mesmo uma máquina inteira) sofra depreciação e, em alguns casos, até se torne inutilizável. 

Contar com essa característica é, portanto, algo fundamental. Especialmente em segmentos que atuam em situações adversas de ambientação, já que se uma peça apresentar contato com a água é importante que sua qualidade não seja comprometida. E essa é uma das características que dão bastante destaque a esse metal.

Capacidade de suportar altas cargas estáticas

Não é segredo para ninguém que o cobre é um dos metais mais conhecidos por sua condutibilidade elétrica. Essa característica também se reflete nas ligas de latão. Por essa razão, contar com peças de latão ajudam projetos de eletricidade a ter maior ganho de eficiência, e ainda trazer mais segurança para o seu escopo. 

Aliás, a procura tanto por fios de cobre quanto de latão são constantes na indústria. Ah! E se você ainda deseja um material com excelente isolamento térmico, o latão continua sendo a melhor escolha para você.

Resistência à fricção

A resistência à fricção está bastante relacionada com a durabilidade do elemento.

E no caso do latão, não é exagero dizer que essa não será uma preocupação. Afinal, as ligas de latão são bastante resistentes aos danos, e é muito difícil que sua superfície sofra algum desgaste.

Isso é decorrente tanto da sua resistência como também do fato de na mistura, o zinco exercer um papel de “metal de sacrifício”, que ajuda na proteção da peça para que ela não seja depreciada quando sofrer impacto. 

Ótima soldabilidade

O processo de soldagem é uma etapa que muitas empresas precisam fazer, especialmente as metalúrgicas para transformarem a liga metálica em uma peça nova para uso de outros setores.

Porém, muitas ligas são difíceis de serem soldadas, e o processo acaba sendo encarecido. Esse não é o caso do latão, já que o elemento além de tudo possui ótima soldabilidade que gera economias. 

Na prática, isso significa que as metalúrgicas não precisam de grandes esforços para fazerem a união do latão com outras ligas e metais, e que suas propriedades mecânicas também são preservadas. 

Totalmente reciclável

Os impactos negativos ao meio ambiente causados pelas mais variadas indústrias estão obrigando esses e outros setores a buscarem por alternativas mais ecológicas, para evitar ainda mais depredação natural. Nesse contexto, as ligas de latão exercem um ótimo papel, pois são 100% recicláveis. 

Com isso, não é necessário fazer a exploração dos recursos da natureza a todo momento, já que o processo de reciclagem é capaz de recuperar o material já desgastado e transformá-lo em um novinho em folha! Além disso, o fato dessas ligas serem altamente duráveis também acaba sendo mais “eco friendly”, visto que não será necessário consumir a matéria-prima o tempo inteiro para um mesmo consumidor. 

Gostou de saber mais sobre as ligas de latão? 

Agora o próximo passo é buscar por uma empresa comprometida para oferecer essa matéria-prima para o seu negócio. Por sorte, a Coppermetal está sempre pronta para atender todos os clientes, como tem feito nas últimas três décadas em que oferece ligas, metais e metais não ferrosos com a mais alta excelência. 

Solicite agora mesmo um orçamento para contar com a melhor solução para a sua empresa!