Uma visão geral sobre o metal na indústria brasileira

metal

O metal é um dos elementos mais abundantes da tabela periódica. Dos 118 elementos que compõem essa estrutura, 94 são metais. Eles também estão presentes em diversas ferramentas do nosso cotidiano.

Mas, você já parou para pensar no papel específico desse elemento na indústria? 

O metal carrega consigo um peso industrial e comercial enorme, sendo responsável pela geração de empregos, por acordos comerciais e pelo avanço tecnológico da sociedade como um todo.

Acompanhe abaixo uma visão geral e mais detalhada sobre esse produto.

A diferença entre metal e liga metálica

Enquanto o metal é um elemento puro, a liga metálica é uma mistura formada por dois ou mais elementos, sendo que, pelo menos, um deles precisa ser obrigatoriamente um metal, como o ferro ou alumínio.

Além disso, as ligas metálicas são materiais que possuem propriedades e características interessantes para as indústrias, características essas que os metais, quando usados individualmente, não possuem. 

O aço, por exemplo, constituído pelo carbono e pelo ferro, possui mais resistência à tração do que o ferro puro e, por isso, ele é muito mais utilizado na construção civil e na estrutura de prédios e edificações. 

O aço carbono também é mais duro do que o ferro, o que permite que ele seja forjado e laminado, podendo ser utilizado em panelas, portões, carrocerias, automóveis, pontes, pregos, parafusos, alicates, entre outros.

Por fim, o aço também pode dar origem a outras ligas metálicas, como por exemplo, o aço inox, que é formado por 74% de aço, 18% de cromo e 8% de níquel. Como o próprio nome indica, essa liga é praticamente inoxidável, sendo utilizada em peças que entram em contato direto com oxigênio e com a umidade do ar.

As diferentes ligas metálicas oferecidas pela Coppermetal

Aqui, na Coppermetal trabalhamos com grande variedade de ligas metálicas, sendo elas:

Cobre

O cobre é o terceiro metal mais utilizado no mundo, suas principais vantagens são:

  • Facilidade de conformação;
  • Elevada resistência à corrosão;
  • Elevada resistência mecânica;
  • Elevada durabilidade;
  • Ação antimicrobiana;
  • Suporta elevadas temperaturas; 
  • Reduzida dilatação térmica; 
  • Estabilidade dimensional;
  • Reciclável;
  • Pouca tendência à incrustação.

Seu campo de aplicações se estende a praticamente todos os segmentos industriais e suas propriedades o tornam uma peça chave na produção dos mais variados produtos. Além disso, ele é um material infinitamente reciclável e possui propriedades antimicrobianas capazes de eliminar até 99,9% das bactérias.

Latão

O latão é uma liga metálica composta, principalmente, pela junção de átomos de cobre (Cu) e zinco (Zn). Sendo amplamente utilizado pela humanidade há mais de 4 mil anos, essa liga metálica apresenta um brilho semelhante ao do ouro e é bastante maleável. Algumas de suas principais características são: 

  • Alta resistência à corrosão;
  • Facilidade para usinagem;
  • Ductilidade;
  • Resistência ao desgaste;
  • Condutividade elétrica e térmica;
  •  Resistência à corrosão.

Por fim, o latão é um produto que pode ser encontrado em armamentos, torneiras, válvulas, radiadores de veículos, parafusos, instrumentos musicais, aparelhos médicos e odontológicos, bijuterias, entre outros.

Bronze

O bronze é uma liga metálica versátil, que tem como base o cobre e proporções variáveis de outros elementos como estanho (Sn), Zinco (Zn), chumbo (Pb) e fósforo (P). Algumas de suas principais características são: 

  • Alta resistência mecânica; 
  • Alta ductilidade; 
  • Alta resistência ao desgaste; 
  • Alta resistência à corrosão; 
  • Alta condutibilidade térmica e elétrica; 
  • Facilidade de polimento. 

Além disso, uma das características que tornam essa matéria-prima tão essencial para a indústria é sua elevada resistência ao desgaste, sendo amplamente usado em mancais, engrenagens e peças correlatas.

Alumínio

O alumínio é o elemento metálico mais abundante da crosta terrestre.  Suas principais características são:

  • Baixo peso combinado com resistência mecânica; 
  • Alta resistência à corrosão;
  • Elevada condutibilidade térmica;
  • Leveza;
  • Elevada condução de energia;
  • Impermeabilidade;
  • Durabilidade;
  • Maleabilidade;
  • Soldabilidade;
  • Dureza.
  • Reciclagem. 

Além disso, a densidade do alumínio é de, aproximadamente, um terço do aço ou cobre. Portanto,  sua maleabilidade e sua alta ductilidade lhe tornam uma excelente opção para a mecanização e fundição.

Aço Carbono

Nas ligas de aço, o carbono pode ser um elemento variável, o que implica diretamente nas suas funções e aplicações como uma matéria-prima.  O teor de carbono se divide em baixo, médio e alto. Confira:

Baixo carbono: 

Possui até 0,30% de carbono na composição. Apresentando baixa resistência e dureza, alta tenacidade e ductilidade. Também é usinável e soldável e possui um baixo custo de produção. Podendo ser aplicado em chapas automobilísticas, perfis estruturais, placas para produção de tubos, pontes, entre outros.

Médio carbono:

De 0,30% a 0,60% de carbono na composição

Apresenta maior resistência e dureza e menor tenacidade e ductilidade do que o baixo carbono.  Pode ser aplicado em rodas e equipamentos ferroviários, engrenagens, virabrequins e outras peças de máquinas, que necessitem de elevadas resistências mecânicas e boa capacidade de resistir ao desgaste e a tenacidade.

Alto carbono:

De 0,60% a 1% de carbono na composição

Possui maior resistência e dureza e menor ductilidade entre os tipos de aços carbono. Na maioria das vezes são temperados e revenidos, podendo ser aplicados em talhadeiras, folhas de serrote, martelos e facas.

Aço Inox

O aço inoxidável é uma liga de ferro e crómio, que pode conter também níquel, molibdénio e outros elementos, que apresenta propriedades físico-químicas superiores aos aços comuns. 

Suas principais características são: 

  • Alta resistência a oxidação;
  • Resistência a altas temperaturas; 
  • Facilidade de limpeza; 
  • Material higiênico; 
  • Altíssima resistência à corrosão; 
  • Durabilidade; 
  • 100% reciclável.

Os principais mercados que utilizam os aços inoxidáveis são os de utensílios domésticos, equipamentos hospitalares, produção de peças para veículos como, por exemplo, escapamentos, construção civil, indústria alimentícia, indústria de produtos químicos e de petróleo e o setor de fachadas e placas de sinalização visual.

14 fatos sobre os metais

  1. O ferro é o metal mais abundante na Terra – e também constitui grande parte do seu núcleo. 
  2. No entanto, o metal mais comum encontrado na crosta terrestre é o alumínio. 
  3. A prata conduz eletricidade melhor do que qualquer outro metal.
  4. Metais nobres – como a prata, o ouro e a platina – são resistentes à oxidação e corrosão do ar.
  5. O mercúrio tem o ponto de fusão mais baixo de todos os metais.
  6. Ele também é o único metal que é líquido à temperatura ambiente. 
  7. A 3.400ºC, o tungstênio tem o ponto de fusão mais alto de qualquer metal em sua forma pura.
  8. O ferro é galvanizado por imersão em zinco fundido, o que ajuda a prevenir a ferrugem. 
  9. Até a Idade Média, havia 7 metais conhecidos: bronze, ferro, ouro, cobre, prata, chumbo e mercúrio.
  10. Quase 69% de todo o aço – mais de 80 milhões de toneladas – é reciclado na América do Norte a cada ano. Isso é muito mais do que alumínio, papel, plástico e vidro combinados. 
  11. As propriedades magnéticas do aço facilitam o seu fluxo de reciclagem.
  12. O aço foi usado pela primeira vez em arranha-céus em 1883.
  13. Você sabia que a Torre Eiffel é cerca de quinze centímetros mais alta no verão do que no inverno? Isso acontece porque o aço e o ferro se expandem naturalmente quando aquecidos.
  14. Os corrimãos de latão são usados ​​em prédios públicos porque essa liga é bem antibacteriana.

A mineração no Brasil

A mineração representa uma das mais importantes atividades econômicas do Brasil, sendo necessária ao nosso desenvolvimento social e se baseando em pesquisa, exploração e extração de minérios. 

Basicamente, a história da mineração no Brasil – como uma atividade socioeconômica de fato – começou ainda no século XVII, com as expedições dos bandeirantes que vasculharam o território nacional em busca de metais valiosos (como o ouro, a prata, o cobre) e pedras preciosas (como os diamantes e as esmeraldas).

Hoje, a participação da mineração no PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro é de aproximadamente 4%.  Sendo que existem no país mais de três mil minas, das quais 159 podem ser consideradas minas de grande porte. E, segundo o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), o país conta com cerca de 8 mil mineradoras.

Além disso, em 2018 o setor gerou 733 mil empregos diretos. Mas segundo dados do Anuário Mineral Brasileiro, a área de mineração é responsável por mais de 2,2 milhões de empregos indiretos.

Já deu para perceber a importância da mineração e do metal no setor industrial brasileiro, não é mesmo?

Por fim, vale ressaltar que as principais reservas de minério estão nas regiões Sudeste (Minas Gerais e São Paulo), Norte (Pará, Rondônia e Amazonas) e Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul).

Para se aprofundar mais sobre as finalidades e aplicações das ligas metálicas na indústria leia o nosso ebook  e veja como elas fazem parte de praticamente todos os setores da indústria, em especial dos segmentos navais, automobilísticos e aeronáuticos. Além disso, você verá como as ligas são matérias-primas para vários itens do nosso cotidiano, como eletrodomésticos, celulares, utensílios de cozinha e muitos outros equipamentos.

Facilitando assim a escolha da matéria-prima mais adequada e efetiva para a sua produção!

Coppermetal, a parceira que o seu negócio precisa!

Quando falamos em metais e ligas metálicas, um dos maiores desafios é encontrar fornecedores confiáveis, respeitados e com alto padrão de qualidade.  No entanto, a Coppermetal trabalha há três décadas com esses materiais, estando preparada para entender todas as suas demandas e necessidades. 

Temos uma equipe de vendas treinada e especializada em oferecer sempre a melhor solução para o seu negócio, disponibilizando os melhores custos-benefícios, cortes sob medida e materiais de excelência.

E você, quer saber como podemos ajudar o seu negócio? Então solicite hoje mesmo seu orçamento!