O que é usinagem CNC e quais ligas metálicas são usadas no processo?

A usinagem CNC é um processo que se dá por meio de uma máquina para fazer a transformação de uma matéria-prima dura em uma nova peça funcional para ser utilizada na indústria ou, dependendo do caso, pelo consumidor final. 

O CNC é um advento tecnológico muito potente no segmento industrial. Trata-se de uma série de máquinas que podem ser programadas e operadas via comando numérico em um computador. Dessa forma, ele aumenta a produtividade dos segmentos e oferece maior facilidade na execução de tarefas. 

As ligas metálicas são as principais matérias-primas que passam pelo advento do CNC, mas não são exclusivas, visto que o titânio e o plástico também podem ser utilizados no processo. Ainda assim, o maior índice de usinagem está concentrado em peças e ligas do alumínio, e, de forma secundária, mas também importante: cobre, latão e o aço

A seguir, entenda como esse moderno processo de usinagem pode ser benéfico para metalúrgicas e empresas de diversos segmentos. 

Como funciona o processo de usinagem CNC?

O NC significa “numeric command”. Como o próprio nome já sugere, o CNC significa controle de máquinas e ferramentas por comando numérico.  

 A usinagem CNC de uma peça consiste no processo de transformar uma liga metálica em um produto com forma e função. Fazendo o uso de tecnologia, como Autocads e outros programas que fazem o esboço tridimensional e destinam os comandos para a máquina responsável, esse já é um procedimento possível e rápido. 

O equipamento responsável por todo esse trabalho se chama “máquina CNC”. Essa máquina é capaz de interpretar o desenho técnico tridimensional e fazer a execução por meio dos algoritmos que parte do ponto “zero” que traça e coordena as atividades das ferramentas de usinagem. Para isso existem os eixos X, Y e Z que fazem tarefas específicas para conseguir fazer a criação do produto. 

O CNC consiste em fazer uso de uma base metálica que vai servir como suporte para um metal – que será transformado em uma peça específica.

As bases comportam dois eixos de movimento que são responsáveis por fazer a movimentação das peças de qualquer forma, e assim atender as necessidades.

Dependendo da aplicação, a usinagem CNC pode contar com um batente traseiro, de um a sete eixos adicionais, para ajudar no caso de peças com geometrias mais complexas.

Vantagens da usinagem CNC para as metalúrgicas

O ganho de produtividade é com certeza uma das maiores vantagens de se investir no processo de CNC. Isso porque tudo funciona com o advento da tecnologia, sem precisar da mão humana e força braçal para acontecer.

Nesse sentido, os operadores são muito mais focados em controlar a máquina e garantir que tudo esteja sendo feito da maneira prevista. Os profissionais precisam contar com uma atenção especial para com a manutenção industrial do equipamento. Afinal, a quebra ou impotência de alguma forma podem comprometer as entregas. 

Outra vantagem que a usinagem CNC oferece é a possibilidade de oferecer um atendimento personalizado. As metalúrgicas são capazes hoje, com tamanha tecnologia, de oferecer um serviço completo e adequado exatamente às necessidades. 

No caso do alumínio, que é uma liga metálica abundante e muito utilizada para o processo de usinagem, é possível fazer a transformação em diferentes peças, garantindo durabilidade e flexibilidade – bem como a sustentabilidade, por ser um produto 100% reciclável.

Além do alumínio, o cobre, latão e aço também podem servir como matérias-primas.

O que acontece quando se utiliza um material de baixa qualidade para o processo de usinagem?

Como você pôde perceber ao longo do nosso conteúdo, a usinagem CNC é um processo extremamente tecnológico para fazer a criação de novas peças. Contar com essa tecnologia é uma forma das empresas conseguirem engrenagens, peças técnicas específicas e ferramentas de maneira ágil e personalizada.

Alguns materiais que não seguem os mais rigorosos padrões de qualidade podem não só ter baixa durabilidade como também comprometer a qualidade do equipamento e gerar gastos excessivos para sua indústria – tanto em relação à reputação como também com manutenção da máquina. 

Pensando nisso, é fundamental buscar por empresas que tenham domínio das técnicas de usinagem e também ofereçam matérias-primas de qualidade. 

A Coppermetal trabalha há quase três décadas oferecendo ligas metálicas com altos padrões de qualidade, perfeitas para servir como matérias-primas para o processo de usinagem na sua indústria. A Copper possui o Certificado ISO 9001, desde 2007, o que demonstra o seu comprometimento com a qualidade de seus produtos. Sempre atenta às novas demandas do mercado de metais, temos com certeza a solução certa para aumentar a sua produtividade e também a qualidade de seus produtos finais. 

Fale com a gente agora mesmo para tirar dúvidas e solicitar um orçamento!